Como Stalkear seu Namorado como uma Profissional

Stalkear é uma necessidade em um mundo repleto de gente cafajeste. Imagine descobrir que seu parceiro tem uma vida paralela: uma outra religião, um blog, um grande amor, uma promessa de se casar com alguém de outro país. Foto de outra mulher dentro da sua casa sem você saber, a amante do seu marido que batizou o filho com o mesmo nome que o seu. O seu noivo já é casado. O seu crush é racista. Estas são histórias verídicas!

stalkear-significado-espionar-instagram-2019

É incrível como as pessoas tem lados ocultos pouco agradáveis. É algo que vai muito além das ditas microtraições: uma curtida numa foto de uma gostosinha ou um flerte. É a infeliz descoberta de um lado podre de quem você tanto ama e confia.

Particularmente, já acabei dois relacionamentos longos e importantes por conta de coisa que descobri através de uma simples pesquisas na internet. Me arrependo? Sim, de não ter feito antes. Então, dedico a você, amiga paranoica, todo o meu know how acumulado em dez anos de stalking.

1. Saiba que vai dar merda. Sempre.

indo-stalkear

Podre todo mundo tem. Quando não tem, a paranoia inventa. Prepare-se para ter dor de cabeça. Então por que fazer isso? Se você tem uma ferramenta gratuita nas mãos capaz de te dizer se o homem para o qual você entregou seu coração é realmente quem pensa que é, não usá-la é no mínimo estupidez. Revirar informação PÚBLICA não é invasão de privacidade, você não está sendo antiética, está apenas zelando pelos seus interesses.

2. Não tenha pressa.

Uma stalkeada eficiente demora dias e até meses para ser feita. Todo mundo está mais cuidadoso com sua privacidade virtual e quanto mais canalha for, mais tentará esconder suas pegadas em territórios pouco louváveis. Tenha paciência.

3. Colete informações aleatórias inocentes com a vítima

Você precisa estabelecer pontos de partida válidos e poderá obter isso através de algo que efetivamente é ótimo para qualquer relacionamento: converse com a pessoa. Saiba mais sobre as séries favoritas, onde estudou, bairros que morou, pessoas que são importantes na sua vida.
Se ele tem hobbies como fotografia e desenho você poderá também achar muitas coisas na parte dos comentários de comunidades voltadas a públicos específicos como LastFM, DevianArt, TripAdvisor e Flickr.

4. Google ainda é a melhor ferramenta

Claro que ver os likes do boy é importante, mas, só o Google te traz processos, vestibulares, notícias de jornal, portfolios e uma série de informações concretas muito mais relevantes. Comece por ele, dará uma visão ampla do território a ser explorado.
Avaliações em restaurantes e outros locais também podem ser bons indicativos caso você já tenha eleitos “suspeitas”. As reviews , principalmente aquelas que as pessoas dão em troca de desconto ou uso livre do wi-fi, irão aparecer simultaneamente. Você pode descobrir que aquela viagem a trabalho teve uma acompanhante secreta, por exemplo.

5. Quanto mais antiga a informação encontrada, melhor ela é

Quando a internet ainda era jovem, todos nós éramos mais descuidados com a privacidade e é bem provável que a pessoa tenha deixado rastros importantes naquela época. Você ficará surpresa com quantas coisas irá topar. Por mais que sejam assuntos antigos, muito antes de vocês dois existirem como um casal, irá colaborar para a descoberta do íntimo do investigado, quem ele é longe de você.
Exemplos reais? Um caso amoroso escancarado enquanto ele ainda era casado ou mensagens em um fórum com métodos de como praticar maus tratos em animais domésticos de forma bizarra. Coisa REAL.

6. Os amigos são sempre boas fontes de descobertas

Esse é o jeito mais fácil de descobrir podres dos outros. Nós somos cuidadosos com o que postamos, construindo portanto uma versão bem melhorada (e falsa) de nós mesmos. Mas, os amigos… Ah! Eles irão postar foto do carinha bêbado, expor que ele pegava geral, praticava bullying e muitas outras coisas.
E, aqui, priorize o item anterior: comece com o que for mais antigo. Quando ninguém sabia mexer direito nas configurações de privacidade e tudo ia direto pro mural público. O que foi vazado naquela época, ainda está lá. Ninguém vai se dar ao trabalho de voltar e apagar.

voce-vai-stalkear-uma-pessoa-e-acaba-stalkeando-cinco-ch-porque-voce-tem-que-entender-o-papo-inteiro-B8Ev7
Talvez você conheça os melhores amigos dele, contudo, estes talvez não sejam as melhores fontes das boas informações. Especialmente se também forem comprometidos. Comece com os solteiros e pegadores.
Um carinha também pode ter parças virtuais, pessoas que não são tão relevantes no plano físico, mas, que online compartilham muita coisa. Você descobrirá essas pessoas vendo quem são os primeiros a curtir e comentar o conteúdo que seu amado posta nas redes. Como as mídias sociais tem aquele algoritmo que prioriza as postagens de quem você tem mais interação, o conteúdo será visto e repercutido primeiro por eles. Se forem mulheres, saiba que elas estão tendo conversas paralelas com ele.

7. Cruze dados

A esta altura você já tem nomes das amiguinhas que mais desconfia. Comece a comparar o que seu crush posta com o que ela expõe também. Gente tendo um caso por mais conscientemente queiram e até precisem esconder, por dentro, estão loucas pra contar e sempre saem deixando sinais por aí. Vão postar a mesma música, se forem ao cinema juntos vão comentar sobre o mesmo filme, etc. E, ficaram no mesmo mood juntos: apaixonados ou bravos. Até as fotos de perfil que escolhem são, intencionalmente ou não, sempre parecidas.
Outra coisa que acontece é que os amigos do cara tendem a se interessar e até se aproximar da outra. Principalmente, por curiosidade. Então verá alguma interação entre eles também.

8. Stalkear no Facebook

Não, não é só você que anda paranoica. Tem mais gente. Existe até um aplicativo para tal, chamado Stakscan. No entanto, a ferramenta só apresenta de forma mais intuitiva e organizada informações que você já pode encontrar nas buscas realizadas dentro do próprio Facebook.

stalkscan-stalk-scan-stalkear-facebook-espionar-perfil-trancado-privado-como-criatura-gg-plus-size
Para ver se ele anda curtindo as fotos de biquíni de outras mocinhas, por exemplo, você deverá ser amiga delas. Do contrário, esta informação ficará oculta. Faça a linha “sonsa” e diga que quer muito ser amiga das amigas dele. Desta forma, é muito mais fácil monitorar a interação que ele tem entre eles.
Uma coisa que me surpreendeu vendo meu perfil através dos olhos de stalker foi a aba “Aplicativos”. Eu instalei o Tinder e fiquei lá por 48hs tipo em 2014 e ele ainda estava ativo lá, dando a entender que eu continuo no desfrute.
Por mais que o Face seja uma rede social em franco declínio (Orkut feelings), é lá que você encontrará as tais coisas antigas e os atos descuidados como o meu.

9. Stalkear no Instagram

Aqui, o algoritmo dá as cartas também. Quando mais interação você tiver com o boy, mas o aplicativo irá mostrar as coisas que ele faz porque entenderá que ele é relevante para você. Exemplo: quando ele curtir uma foto de alguém que você também segue, isso aparece logo abaixo da imagem e terá prioridade em seu próprio feed (ordenamento com que os posts surgem na sua timeline).
No seu campo de “pesquisar”, onde aparecem aquelas sugestões de outros posts sugeridos para você, é bem provável que também apareçam coisas que ele curtiu.
Outra aba importante é “seguindo”, um feed com as curtidas de todo mundo que você segue. O ordenamento é aleatório e você precisará de muita sorte e paciência para ter informações ali. Existe um aplicativo controverso chamado Inspy, habilitado agora somente para usuários de sistema IOS que permite que você filtre estas informações, nominando pessoas que deseja stalkear.

stalkear-instagram-espionar-curtidas-inspy-criaturagg
Assim como no Facebook, quem comentar e curtir os posts dele com muita agilidade, bem antes que você, provavelmente indica que seu boy tem bastante interação com essas pessoas. Utilize estes nomes para cruzar dados que você já vem colhendo no Facebook e lembre-se: quanto mais paixão houver entre as pessoas, mas elas querem mostrar isso.

10. Stalkear no Whatsapp

Um dos termos mais buscados no Google é sobre como espionar o Zapzap de alguém. Viu? Mundão tá cheio de gente louca feito nós, só que são enrustidos. Existem uma gama de aplicativos feitos para isso, muitos inclusive recentemente banidos por sequestrarem informações de privacidades suas também. Alguns demandam que você instale um componente no celular da vítima e outros, como o Chawatch, apenas monitoram quando seu amado e amiguinha estão ambos online o que gera aí uma probabilidade de interação em andamento entre eles naquele momento.

Print do Chatwatch (imagem Tecnoblog - tenho medo dessas coisas aí)

Print do Chatwatch (imagem Tecnoblog – tenho medo dessas coisas aí)

O aplicativo faz um mapeamento de horários de ambos para que você tenha um histórico gráfico da coisa. Custa R$6,50 por semana.
Pra sua segurança e sanidade mental, melhor evitar os aplicativos e não fuçar no celular do amado. Se ele passa tempo online demais, esconde status e os tracinhos azuis, não precisa de FBI nenhum: tá aprontando.

11. Anote tudo que for descobrindo por mais irrelevante que pareça

É importante que você seja metódica e organizada com tudo que descobrir. Principalmente nomes. Agora essas coisas e pessoas podem não fazer muito sentido, mas, talvez no futuro façam. E gente enrolada vive deletando perfil, trancando informação porque sempre tem muito que esconder no geral. Então, aproveite a brecha, você poderá não tê-la novamente.
Se puder, faça uma pasta com prints.

12. Nome, um mero detalhe.

Com o nome completo você pode fazer um arrastão no Google e descobrir muita coisa. Quanto mais diferentão for o nome ou o sobrenome, mais sorte você terá. No entanto, não é só você que é inteligente. Ele também é. Muitos carinhas usam codinomes, então fique esperta. Um jeito de descobrir é fuçar blogs antigos ou fotologs dos amigos dele. Para atribuir comentários, a pessoa deveria deixar um e-mail por lá. Este e-mail pode ser a chave para achar mais coisas, inclusive contas secretas em redes sociais que você não tinha ideia de que poderiam haver.

13. Cuidado com a mão boba

Foi sem querer.

Às vezes você pode curtir sem querer alguma foto no Instagram enquanto está rolando a tela por exemplo. Pra evitar ser flagrada na sua pesquisa paranoica quando for stalkear, utilize um perfil fake. Adicione pessoas e algumas postagens nele. Não confesse isso nem sobre tortura.

14. Não faz a louca na primeira descoberta.

Por menor que seja o que achar você irá surtar e sabe disso. Se você perdeu todo esse tempo com o stalk é porque é passional e ciumenta. Então, respira. Flertar, fazer uma fofoca, ter usado uma roupa cafona: são coisas menores. Respire e tente acompanhar a história. Lembre-se também que a senhorita não é nenhuma santa e isso não significa que não goste do moço e efetivamente ande botando galhas na cabeça dele.

Engole o choro e tenta ser acional, menina.

Se você for confrontá-lo sobre alguma coisa, fará com que ele se sinta extremamente invadido caso seja inocente e nunca volte a confiar em você. Caso seja culpado, ele ficará bem mais precavido e será mil vezes mais difícil pegá-lo no pulo. Faça a sonsa até ter PROVAS. Prints.
Sempre faça o confronto ao vivo. Mensagem dará tempo de maquinar uma mentira eficiente o suficiente para enganar uma mulher apaixonada e ainda fazê-la pedir desculpa por ter fuçado a vida dele.

15. Nunca fale sobre o assunto com ele.

Mesmo que você venha stalkeando gente desde a época da linha discada, nunca confesse isso ao cara. Novamente: se for honesto ficará apavorado e se for cafajeste ficará mais alerta. Evite o assunto de forma sútil, sempre.
Nunca deixe rastro algum. Apague toda a sua pesquisa do histórico de navegação e das buscas nas redes sociais (ficam marcados os últimos nomes que foram pesquisados no Face e no Insta, delete).

16. Pacto Sinistro

Se a pessoa tem perfil todo trancado, tem um método vintage que funciona SEMPRE. Peça para alguém sem qualquer conexão direta com você e fora da sua lista de amigos nas mídias que o aborde com uma cantada. É um jogo sujo, só use em caso de estar bem desconfiada que ele anda atirando pra todo lado pelas suas costas.

17. Timing

Não recomendo que você faça a agente do FBI logo no começo. Quando a relação é muito nova, qualquer descoberta irá fazer com que você broxe completamente em relação ao crush. Ele está solteiro, é natural que tenha um passado e um presente recheado de mulheres. Espere para quando a coisa ficar mais intensa e você sentir que está mais apegada e disposta a começar a sonhar com um futuro a dois para começar a stalkear. Todo mundo tem um passado, resta saber o quanto você está disposta a conviver com o dele.

Veja Também:

porque-o-crush-me-bloqueou-no whatsapp-criaturagg

lixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *